goo vimeo rss facebook

Projetos Financiados

“ Distribuição de Géneros Alimentares e/ou de Bens de Primeira Necessidade – Continente”

poapmc

Designação do projeto | Distribuição de Géneros Alimentares e/ou de Bens de Primeira Necessidade – Continente

Código do projeto | POAPMC-01-74F7-FEAC-000040

Objetivo principal | Promover a inclusão social e combater a pobreza

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego (entidade coordenadora); Santa Casa da Misericórdia de Lamego (entidade mediadora); Centro Diocesano de Promoção Social (entidade mediadora); Centro Social e Cultural da Paroquia de Ferreirim (entidade mediadora)

Data de aprovação | 06-12-2019

Data de início | 05-12-2019

Data de conclusão | 31-01-2023

Custo total elegível | 32 612,48€

Apoio financeiro da União Europeia | 27 720,59€

Apoio financeiro público nacional | 4 891,89€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Pretende-se a criação de um projeto de interesse concelhio, com a finalidade de ajudar a satisfazer as necessidades básicas das pessoas mais carenciadas, possibilitando a erradicação da pobreza do concelho de Lamego. Pretende-se apoiar as pessoas que se encontram numa das mais graves formas de pobreza, através da prestação de assistência, não financiamento, às pessoas mais carenciadas, com a concessão de alimentos e/ou de assistência material de base e da realização de atividades de inclusão social, vocacionadas para a integração social de pessoas nessas condições. Espera-se que este projeto constitua uma alavanca para outros projetos e iniciativas conjuntas tendo sempre em vista o interesse geral de satisfazer as necessidades das pessoas mais carenciadas.

alime

“Agenda Cultural e Dinamização do Comércio Tradicional”

fed

Designação do projeto | Agenda Cultural e Dinamização do Comércio Tradicional

Código do projeto | NORTE-05-2316-FEDER-000109

Objetivo principal | Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 20-12-2018

Data de início | 02-01-2019
Data de conclusão | 30-09-2022

Custo total elegível | 210 110,00€

Apoio financeiro da União Europeia | 178 593,50€

Apoio financeiro público nacional | 31 516,50€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

A presente operação tem um duplo objetivo: implementação de um programa integrado que promova e valorize as atividades comerciais de Lamego através da agregação de valor e da criação de uma dinâmica transversal na zona urbana foco da intervenção PEDU; criação e disseminação de uma agenda cultural que, através de uma programação variada, atraia visitantes, promova o seu interesse e envolvimento, com vista a fomentar o comércio tradicional. Como principais atividades destaca-se a criação de uma agenda cultural e de dinamização do comércio tradicional na área de influência do PEDU; ações culturais e de dinamização do comércio tradicional tais como concertos, peças de teatro, eventos desportivos mobilizadores, ações de dinamização da rede de restauração local, feiras/exposições/montras de produtos locais; ações promocionais de divulgação da cidade e dos eventos culturais a realizar.

888

“Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar”

iol

Designação do projeto | Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar

Código do projeto | NORTE-08-5266-FSE-000183

Objetivo principal | Investir na educação e na formação para aquisição de competências e a aprendizagem ao longo da vida

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 05-06-2018

Data de início | 08-10-2018
Data de conclusão | 28-02-2022

Custo total elegível | 610 168,60€

Apoio financeiro da União Europeia | 518 643,31€

Apoio financeiro público nacional | 91 525, 29€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

A operação apresentada aposta no desenvolvimento de uma abordagem de intervenção sistémica e holística do aluno e da problemática do insucesso escolar. O projeto incide sobre os pontos mais críticos que afetam o 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico dos alunos do Agrupamento de Escolas Latino Coelho e Agrupamento de Escolas da Sé. Serão desenvolvidas atividades no âmbito da promoção da igualdade de oportunidades de acesso ao ensino e ao combate ao insucesso e abandono escolar, que integra a estruturação de uma equipa multidisciplinar e promove o desenvolvimento de novas metodologias e conteúdos pedagógicos bem como a construção de uma ferramenta de monitorização de todo o meio escolar. Espera-se a redução da percentagem de alunos com níveis negativos e redução da taxa de retenção e desistência, contribuindo assim para: a melhoria do sucesso educativo dos alunos, a redução das saídas precoces do sistema educativo; o reforço da equidade no acesso à educação aos ensinos básicos; melhoria da qualidade e da pertinência das aprendizagens e das competências adquiridas.

2 21

“Plano Municipal para a Igualdade e não Discriminação”

fundo

Designação do projeto | Plano Municipal para a igualdade e a não discriminação

Código do projeto | POISE-01-3422-FSE-000024

Objetivo principal | Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 26-05-2021

Data de início | 28-05-2021

Data de conclusão | 31-12-2022

Custo total elegível | 35 000,00€

Apoio financeiro da União Europeia | 29 750,00€

Apoio financeiro público nacional | 5 250,00€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

O Plano Municipal de igualdade e não discriminação encontra-se estruturado em vários objetivos estratégicos estruturais para a promoção da igualdade e combate à discriminação em todas as suas componentes. De um modo genérico este plano pretende assegurar a integração da perspetiva de género em todos os domínios de ação do município, através da adoção de ferramentas que visem a eliminação da persistência e reprodução das desigualdades e tornar a sociedade mais justa, mais inclusiva e mais democrática, atuando em duas vertentes fundamentais deste processo de transformação – interna e externa – ou seja, para as suas trabalhadoras e para os seus trabalhadores e para as suas munícipes e para os seus munícipes.

Como principais atividades destacam-se a elaboração do diagnóstico de situação, a elaboração do Plano adequado às necessidades, expectativas e aspirações dos munícipes de Lamego, a sua implementação propriamente dita, divulgação e avaliação.

78

 

“O Teu Bairro é o Nosso Bairro – Incluir para Integrar”

iol

Designação do Projeto: Projetos Inovadores de Inclusão Social de âmbito territorial – “O Teu Bairro é o Nosso Bairro – Incluir para Integrar”
Código do Projeto: Norte-07-4234-FSE-000015
Objetivo principal: Promover a integração social e combater a pobreza e qualquer discriminação
Região de intervenção: Norte
Entidade beneficiária: Município de Lamego
Data de aprovação: 16 - 07 – 2020
Data de início: 18-03-2021
Data de conclusão: 28-02-2023
Custo total elegível: 97 969,71€
Apoio financeiro da EU: FSE – 83 274,25€
Apoio financeiro público nacional/ regional: 14 695,46€
O Projeto tem como áreas de atuação os Bairros de Alvoraçães, Nazes, Ponte e Castelo, pertencentes ao Núcleo Urbano da Cidade de Lamego. Os habitantes dos Bairros terão um espaço destinado a apoia-los e participarão em ações de sensibilização, informação, atividades lúdicas e recreativas, assim como visitas a locais de interesse no Concelho e extra Concelho. Este projeto pretende combater os sentimentos de exclusão social dos moradores; promover dinâmicas relacionais positivas, entre moradores, de forma a desenvolver uma maior coesão, espírito e sentimento de pertença à comunidade e fomentar uma diminuição das taxas de desemprego, diminuir as taxas de absentismo escolar e fomentar o sucesso escolar.
 

Conhecer Lamego com Fausto Guedes Teixeira

fed

Designação do projeto | Conhecer Lamego com Fausto Guedes Teixeira

Código do projeto | NORTE-04-2114-FEDER-000601

Objetivo principal | Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 12-11-2020

Data de início | 02-01-2021

Data de conclusão | 30-06-2022

Custo total elegível | 74 999,88€

Apoio financeiro da União Europeia | 74 760,03€

Apoio financeiro público nacional | 239,85€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Esta operação tem como objetivo a realização de um evento cultural que alia uma homenagem aos 150 anos do nascimento do poeta lamecense Fausto Guedes Teixeira e, através da sua poesia, dar a conhecer o inúmero património edificado, paisagístico e cultural de Lamego. Como principais atividades a desenvolver destacam-se: evento de recriação da vida e obra de Fausto Guedes Teixeira, criação de peça de teatro, edição de livro ilustrado sobre a sua obra, exposição de obras de arte, sessão de fado evocativa a Fausto Guedes Teixeira, espetáculo de jazz e ações de promoção e divulgação dos eventos. Pretende-se estimular o conhecimento pelo património de Lamego, estimular o turismo interno e a economia local, criando novas oportunidades de negócio e de visitação tendo por base o património e a cultura.

fausto

Valorização Patrimonial e Cultural da Máscara de Lazarim

fed

Designação do projeto | Valorização Patrimonial e Cultural da Máscara de Lazarim
Código do projeto | NORTE-06-3928-FEDER-000116
Objetivo principal | Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral
Região de intervenção | Norte
Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 13-02-2020
Data de início | 03-02-2020
Data de conclusão | 30-06-2022
Custo total elegível | 158 991,47€
Apoio financeiro da União Europeia | 135 142,75€
Apoio financeiro público nacional | 23 848,72€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos
O objetivo primordial do Município é a valorização da Máscara de Lazarim tendo como objetivos específicos os seguintes: valorização e preservação da Máscara de Lazarim através de uma investigação que a estude em várias vertentes; promoção de ações de valorização e salvaguarda da Máscara enquanto património imaterial que a comunidade não deve descuidar, prevenindo os riscos da sua profunda adulteração ou extinção; promoção de ações de divulgação e promoção da “Máscara de Lazarim”, através de atividades que interliguem culturas comunitárias e festividades afins; desenvolvimento de parcerias com vista ao desenvolvimento de redes e rotas temáticas, capazes de gerar dinâmicas e atratividade para a temática e para os territórios onde existam estas representações.
Espera-se salvaguardar a identidade e a cultura da tradição ancestral da Máscara de Lazarim e ao mesmo tempo que através desta se originem novas sinergias e dinâmicas que sirvam de estímulo para os agentes do território, fomentando novas oportunidades de investimento capazes de gerar desenvolvimento e valorização dos produtos endógenos.

laza

Valorização dos Produtos Endógenos do Concelho de Lamego - 1ª fase

fed

Designação do projeto | Valorização dos Produtos Endógenos do Concelho de Lamego - 1ª fase

Código do projeto | NORTE-06-3928-FEDER-000147

Objetivo principal | Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Município de Lamego

Data de aprovação | 10-12-2020

Data de início | 01-12-2020
Data de conclusão | 30-10-2022

Custo total elegível | 281 049,08€

Apoio financeiro da União Europeia | 238 892,23€

Apoio financeiro público nacional | 42 156,85€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

O objetivo primordial desta operação é a promoção da sustentabilidade e a qualidade do emprego através da valorização e promoção dos produtos endógenos do concelho de Lamego. Como principais atividades, pretende-se a criação da marca “Lamego é Douro” para atribuir aos produtos, com a qual se espera que os produtos sejam facilmente identificados e associados à região e ao concelho. Pretende-se ainda a criação de eventos e iniciativas de promoção e divulgação dos produtos endógenos ao nível da região e ao nível nacional e internacional tais como: a bôla de Lamego, a cereja da Penajóia, os vinhos e espumantes, o queijo, os enchidos, os produtos agrícolas entre outros. Na sequência da valorização e promoção dos produtos endógenos espera-se a contribuição para o desenvolvimento da atividade económica e turística da região, aumento do empreendedorismo e criação de emprego. 

doc lo

 

Tratamento de Águas Residuais em Samodães/Penajóia/Cambres a Drenar para a ETAR de Cambre

 fundo logodDesignação do Projeto: Tratamento de Águas Residuais em Samodães/Penajóia/Cambres a Drenar para a ETAR de Cambres – Reprogramação Física, Financeira e Temporal

Código do Projeto: POSEUR-03-2012-FC-000679

Objetivo de Intervenção: Ciclo Urbano da Água

Região de Intervenção: Norte

Entidade beneficiária: Lamego

Data de aprovação: 24-03-2017

Data de inicio: 01-08-2015

Data de conclusão: 30-10-2020

Custo total elegível: 952.766,69€

Apoio Financeiro da União Europeia/ FC 809.851,69€

A presente operação pretende criar o sistema de saneamento de vários aglomerados populacionais das freguesias de Samodães, Cambres e Penajóia, que irão ligar à ETAR DE CAMBRES, da entidade gestora em alta (Águas do norte, SA). Assim a operação passará pela execução de rede (6,396 Km), pela construção de 11 Estações Elevatórias e pelo encerramento de várias fossas sépticas de Samodães (3 públicas), Cambres e Penajóia (privadas), que são actualmente uma grande fonte de poluição para a Albufeira do Carrapatelo.

IMG 0405IMG 0410IMG 1581

Objectivos da Operação

Os projectos que fazem parte da presente operação têm como objectivo melhorar as condições de acesso aos serviços de SAR, de 4 povoações pertencentes às freguesias de Samodães, Penajóia e Cambres, passando pela eliminação ou redução das águas residuais não ligadas à rede de drenagem e pelo controlo e redução da poluição tópica urbana – intervenções nos sistemas de saneamento na bacia do Douro, que drenam para o Rio Douro ou seus afluentes, visando a resolução de um problema ambiental grave de poluição das massas de água da Albufeira do Carrapatelo, eliminando-se focos de insalubridade que põe em risco as massas de água e a própria saúde pública quando os esgotos já correm a céu aberto, dando cumprimento à Directiva do Conselho nº 91/271/CEE de 21 de Maio de 1991, no que ao tratamento de águas residuais urbanas a que a operação diz respeito.

Tratamento de Águas Residuais em Penude/Vila Nova de Souto D`EL Rei a Drenar para a ETAR de Lamego

fundo logod

Código do Projeto: POSEUR-03-2012-FC-000676

Objetivo de Intervenção: Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

Região de Intervenção: Norte

Entidade beneficiária: Lamego

Data de aprovação: 16-03-2017

Data de inicio: 01-08-2015

Data de conclusão: 20-05-2019

Custo total elegível: 518.987,83€

Apoio Financeiro da União Europeia/ FC 441.139,65€
Designação do Projeto: Tratamento de Águas Residuais em Penude/Vila Nova de Souto D`EL Rei para Drenar para a Etar de Lamego
DSC02000
DSC05146DSC02231

A presente operação visa resolver um problema ambiental grave de poluição das massas de água do rio Balsemão, com a criação de sistema de saneamento de vários aglomerados populacionais das freguesias de Penude e Vila Nova de Souto D`EL- Rei, que irão ligar à ETAR DA CIDADE, da entidade gestora em alta (Águas do Norte,SA), com execução de 2,436 Km de condutas, de 6 estações elevatórias, de 62 novos ramais e a eliminação de fossas sépticas.

Objectivos da Operação

A operação visa o crescimento do número de alojamentos abrangidos pela EG que passarão a representar avaliação satisfatória no destino adequado de águas residuais. O contributo da presente operação será sentido através da redução dos níveis de poluição no Rio Balsemão, pelo encerramento, de várias fossas sépticas, todas na margem daquele rio e que encaminhavam as águas residuais no sentido do mesmo, e ainda, pelo auxílio que presta ao cumprimento da Directiva Águas Residuais Urbanas – DARU, através da eliminação ou redução águas residuais não ligadas à rede de drenagem e pelo controlo e redução da poluição tópica urbana – intervenções nos sistemas de saneamento na bacia do Douro, que drenam para o raio Douro ou seus afluentes (caso do Rio Balsemão).

Tratamento de Águas Residuais a Drenar para a Etar de Sande

 
fundo logod
Código do Projeto: POSEUR-03-2012-FC-000045

Designação do Projeto           Tratamento de Águas Residuais a Drenar para a Etar de Sande

Código do Projeto                   POSEUR-03-2012-FC-000045

Objetivo de Intervenção        Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

Região de Intervenção           Norte

Entidade beneficiária             Lamego

Data de aprovação                21-03-2016

Data de inicio                         01-08-2015

Data de conclusão                 20-05-2019

Custo total elegível               505.846,69€

Apoio financeiro da União Europeia | Fundo de Coesão - 429.969,68€

Saneamento1Saneamento2

A presente operação destina-se à construção de um Sistema de Saneamento de Águas Residuais de SOUTO COVO, localizado no concelho de Lamego, que resolva os problemas locais de saneamento e tratamento de águas residuais. O sistema de saneamento de águas residuais incluído no presente estudo, tem por objetivo conduzir as águas residuais de algumas habitações de SOUTO COVO para o sistema já existente e que as conduzirá à ETAR DE SANDE e inclui, a desativação da Fossa Séptica existente, a construção de coletores gravíticos, a construção de ramais domiciliários, de condutas elevatórias e de estações elevatórias.


78

Designação do Projeto I Circuito Pedonal- Parque Urbano de Lamego
Código do Projeto I Norte- 05-1406-FEDER-000268
Objetivo principal I Apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os setores
Região de intervenção I Norte
Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 29-04-2021
Data início I 09-12-2020
Data Conclusão I 30-05-2022
Custo Elegível I 417.169,54€
Apoio Financeiro da União Europeia I 375.869,75€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 41.299,79€
Consciente da importância que a aposta em modos de transporte suaves e na promoção da mobilidade pedonal tem nos dias de hoje, bem como, os reflexos que estas políticas irão ter num futuro próximo, o Município de Lamego o Circuito Pedonal do Parque Urbano de Lamego visa a criação de uma estrutura de promoção dos modos suaves, de uso quotidiano e que facilite o acesso a equipamentos públicos de maneira eficiente e segura.

78Designação do Projeto I Requalificação da R. Visconde de Arneirós e Envolvente
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000106
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte
Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 30-09-2020
Data início I
Data Conclusão I 30-05-2022
Custo Elegível I 948.675,82€
Apoio Financeiro da União Europeia I 806.374,45€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 142.301,37€
O objetivo geral da presente operação consiste no incremento de modos suaves no Eixo Visconde de Arneirós e envolvente, visando o incremento das condições de segurança para os peões nas deslocações casa-trabalho e casa-escola.

78

Designação do Projeto I Circuito Pedonal “ Relógio do Sol” de acesso ao Centro Urbano
Código do Projeto I Norte- 05-1406-FEDER-000137
Objetivo principal I Apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os setores
Região de intervenção I Norte
Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 24-04-2019
Data início I 15-01-2020
Data Conclusão I 31-12-2021
Custo Elegível I 500.000,00€
Apoio Financeiro da União Europeia I 425.000,00€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 75.000,00€
O objetivo geral da presente operação consiste na concretização de um Circuito Pedonal "Relógio Sol" de acesso ao Centro Urbano na cidade de Lamego, visando a criação de uma estrutura de promoção dos modos suaves, de uso quotidiano e que facilite o acesso a equipamentos públicos de maneira eficiente e segura.
1

78

Designação do Projeto I Reabilitação Urbana do Espaço Público do Escadório de N. Sra dos Remédios na Travessia da EN2
Código do Projeto I NORTE-05-2316-FEDER-000241
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética Região de intervenção I Norte
Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I
Data início I
Data Conclusão I 31-06-2022
Custo Elegível I €
Apoio Financeiro da União Europeia I €
Apoio Financeiro público nacional/regional I
O objetivo da Reabilitação do Espaço Público do Escadório de N. Sra. dos Remédios na Travessia da EN2 corresponde a uma intervenção urbanística centrada na requalificação do espaço público, localizado no local de maior interesse cultural, religioso e patrimonial do concelho de Lamego, que é o Santuário de N. Senhora dos Remédios, imóvel de interesse público, datado do século XIX, localizado em pleno centro histórico da cidade. A intervenção visa a requalificação deste espaço, pedonalizando-o e dotando-o de condições condizentes com um imóvel classificado, na linha das intervenções que já foram realizadas nos espaços adjacentes.

78

Designação do Projeto I Parque Urbano de Lamego
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000106
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 06-06-2019
Data início I 09-12-2020
Data Conclusão I 30-05-2022
Custo Elegível I 3.900.000,00€
Apoio Financeiro da União Europeia I 3.315.000,00€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 585.000,00€
O objetivo geral da presente operação consiste na reabilitação e qualificação desta área central da cidade, contígua à Mata dos Remédios, e sua articulação através da expansão da estrutura verde associada à ribeira do Coura (que atravessa a área de intervenção), permitindo a concretização do Parque Urbano de Lamego.

2


78

Designação do Projeto I Requalificação do Bairro de Nazes
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000118
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 23-12-2020
Data início I
Data Conclusão I 31-06-2022
Custo Elegível I 1.250.070,00 €
Apoio Financeiro da União Europeia I 1.062.559,50€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 187.510,50€
A presente operação possui como objetivo primordial a requalificação do espaço público do Bairro de Nazes transformando-o num espaço ambientalmente resiliente e socialmente favorecedor, afirmando-se como um elemento essencial na organização a malha urbana e identidade da população.

78

Designação do Projeto I Requalificação do Espaço Mártir de S. Sebastião e Medelo
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000193
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 23-12-2020
Data início I 25-01-2021
Data Conclusão I 31-03-2022
Custo Elegível I 847.730,28€
Apoio Financeiro da União Europeia I 720.570,74€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 127.159,54€
A presente operação pretende requalificar uma zona urbana localizada no centro da cidade, que está em franco crescimento, próxima de vários equipamentos e serviços públicos, como a Creche e CAT da Santa Casa da Misericórdia, o Centro Escolar n.º 1 de Lamego, a Escola EB 2/3 de Lamego, do Centro de Saúde, do Parque Urbano de Lamego, entre outras, mas que se encontra desenquadrada da malha urbana.

3


78

Designação do Projeto I Centro Cívico de Lamego
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000107
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego

Data de aprovação I 07-11-2029
Data início I 04-12-2020
Data Conclusão I 31-12-2021
Custo Elegível I 905.354,00€
Apoio Financeiro da União Europeia I 769.550,90€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 135.803,10€

4


78

Designação do Projeto I Reabilitação do Edificado no Bairro do Castelo- Torre dos Figos
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000189
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 26-11-2020
Data início I 17-02-2021
Data Conclusão I 31-03-2022
Custo Elegível I 381.350,80€
Apoio Financeiro da União Europeia I 324.149,02€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 57.201,78€
O presente projeto tem como objetivo a reabilitação do edifício conhecido como Torre dos Figos, situado em pleno Bairro do Castelo.
O projeto em apreço terá uma função estruturante na qualificação da vivência urbana deste espaço peculiar da cidade, aportando consigo dinâmicas passíveis de lhe conferir a centralidade de outros tempos.

5


78

Designação do Projeto I Regeneração/Requalificação urbana- Largo dos Bancos
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000116
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte
Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 12-09-2019
Data início I 30-06-2020
Data Conclusão I 30-04-2021
Custo Elegível I 329.572,00€
Apoio Financeiro da União Europeia I 280.134,50€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 49.437,50€
A presente Operação tem como objetivo: requalificar o Largo dos Bancos, reforçando a mobilidade pedonal deste espaço e promovendo-o enquanto espaço de lazer e convívio no contexto da cidade.

6


78

Designação do Projeto I Reabilitação do Edificado no Bairro do Castelo- Casa do Horto
Código do Projeto I Norte- 05-2316-FEDER-000190
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 19-11-2020
Data início I 17-02-2021
Data Conclusão I 31-03-2022
Custo Elegível I 318.887,50€
Apoio Financeiro da União Europeia I 271.054,38€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 47.833,12€
O presente projeto tem como objetivo a reabilitação do edifício conhecido como Casa do Horto, situado em pleno Bairro do Castelo.
Tendo em conta as características do local, a sua simbologia e localização, no coração do centro histórico, objetiva-se com a reabilitação do edifício, a implementação de um centro de acolhimento e expressão artística e cultural, através da instalação de um centro de exposições e eventos e de um auditório extensível a esplanada exterior.

7


78

Designação do Projeto I Reabilitação do Espaço público do Bairro de Alvoraçães
Código do Projeto I Norte- 05-4943-FEDER-000083
Objetivo principal I Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética
Região de intervenção I Norte Entidade beneficiaria I Município de Lamego
Data de aprovação I 20-12-2018
Data início I 03-02-2020
Data Conclusão I 31-03-2021
Custo Elegível I 600.000,00€
Apoio Financeiro da União Europeia I 510.000,00€
Apoio Financeiro público nacional/regional I 90.000,00€
A operação possui como objetivo primordial a reabilitação do espaço público do Bairro Social de Alvoraçães transformando-o num espaço ambientalmente resiliente e socialmente favorecedor. Assim, a intervenção conjetura os seguintes objetivos específicos, que concorrem para a qualificação do espaço público dotando-o de atratividade, dinamismo e conforto, convidando à sua apropriação coletiva e contribuindo para melhorar as relações e interações sociais neste território. Garantir a articulação deste núcleo urbano com a restante cidade.

8

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601
Comunicação de Avarias
  • Serviço de Águas - 254 609 609

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.