goo vimeo rss facebook

CIMI apresenta Rituais de Inverno com Máscaras

r iNuma colaboração entre o Município de Lamego e o Museu do Abade de Baçal, o Centro Interpretativo da Máscara Ibérica (CIMI), em Lazarim, apresenta agora uma nova exposição: “Rituais de Inverno com Máscaras”.
Coordenada por Benjamim Pereira, esta mostra apresenta o resultado de um trabalho de pesquisa, levado a cabo nos primeiros anos do século XXI, ao nível de um levantamento fotográfico e no que respeita a uma coleção de máscaras e trajes utilizados nos rituais de inverno no nordeste transmontano. A nova exposição abarca diferentes festividades deste território que apresentam um caráter vincadamente social e lúdico e aquelas que o articulam com uma natureza marcadamente religiosa. É ainda apresentado um documentário com o mesmo título, da autoria de Catarina Alves Costa e Catarina Mourão.
Patente ao público a partir de hoje, dia 31, e até 1 de novembro, a exposição “Rituais de Inverno com Máscaras” concretiza um projeto acarinhado pelo Instituto dos Museus e da Conservação, visando a divulgação do Ciclo Festivo de Inverno no Nordeste Transmontano.
De entrada livre, o CIMI está aberto de terça a domingo, das 10h às 17 horas.

AVISO: Interrupção da circulação automóvel na estrada da Curvaceira

A Câmara Municipal de Lamego informa que, devido à realização das obras da empreitada de recolha, transporte e tratamento de águas residuais na freguesia da Penajóia, será interrompida a circulação automóvel na EM537, Lugar da Curvaceira, de 28 de julho a 13 de agosto. Os trabalhos vão decorrer em quatro fases distintas, entre as 8h e as 17 horas, ficando sempre que possível a estrada em condições transitáveis no restante horário.
Durante este período, os automobilistas devem respeitar a sinalização temporária existente no local e os condicionalismos apresentados pelas autoridades competentes.
A Câmara Municipal de Lamego apela à compreensão de todos por eventuais incómodos causados aos automobilistas.

Jornadas Lamego Educa partilhou projetos de sucesso

jor lmMais de 300 pessoas assistiram, por videoconferência, às "I Jornadas Lamego Educa" que o Município de Lamego promoveu com o objetivo de partilhar a apresentação de projetos sociais e educativos de sucesso e estimular a reflexão sobre temáticas ligadas à cidadania e à promoção do sucesso escolar. "A escola difícil e exigente é aquela que traz todos para a aprendizagem. Este trabalho é a materialização concreta do que é a escola democrática. Queremos que seja um elevador social, através da aprendizagem", defendeu João Costa, secretário de Estado Adjunto e da Educação, durante a Sessão de Abertura do encontro.
Divididas em três painéis distintos, as "I Jornadas Lamego Educa" constituíram uma oportunidade única para a comunidade educativa escutar da parte de investigadores e dirigentes do setor de que forma as aprendizagens essenciais ao longo da vida confluem para a formação de indivíduos participativos, iniciando o caminho do exercício da cidadania. Neste contexto, Ana Catarina Rocha, Vereadora da Educação da Câmara de Lamego, sublinhou durante a sua intervenção a importância do projeto municipal "Lamego Educa", financiado pelo NORTE 2020. Cabe a este programa a tarefa de prevenir e reduzir o abandono escolar precoce, bem como promover a melhoria do sucesso educativo, através da criação de condições de acesso a uma educação de qualidade. "No atual contexto de pandemia, algumas famílias não dispunham de meios digitais para uma efetiva comunicação com a escola. O Município de Lamego implementou uma estrutura de comunicação dedicada entre escola-família, garantindo a entrega de material pedagógico, para que todos continuem o seu percurso educativo", destaca.
Os interessados podem rever as "Jornadas Lamego Educa" AQUI

 

Avança a requalificação do Largo dos Bancos e da Rua do Teatro

A Câmara Municipal de Lamego informa todos os munícipes que, com o arranque das obras de requalificação do espaço público do Largo dos Bancos, será necessário proceder ao condicionamento da circulação e do estacionamento automóvel nesta zona central da cidade.
Durante este período, os automobilistas devem respeitar a sinalização temporária existente e os condicionalismos apresentados pelas autoridades competentes.
A requalificação do espaço público do Largo dos Bancos visa reforçar a mobilidade pedonal nesta zona de grande afluência, bem como promover um novo espaço de lazer e convívio. Em concreto, a intervenção vai requalificar os estacionamentos e a rede viária envolvente de modo a melhorar a circulação automóvel. Todas as vias vão passar a ter apenas um sentido, à exceção do fim da Rua do Largo dos Bancos. As obras vão ainda beneficiar e alargar os passeios em algumas zonas e introduzir novos elementos arbóreos e conjuntos ajardinados.
A Câmara Municipal de Lamego apela à compreensão de todos por eventuais incómodos causados a peões e a automobilistas.

Festas dos Remédios a votos esta quinta para as Maravilhas da Cultura Popular

É a hora das grandes decisões. Esta quinta-feira, dia 23, vamos saber se as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios supera a próxima etapa do concurso "7 Maravilhas da Cultura Popular" e segue para as meias-finais. Até lá, o público vai poder continuar a votar na "Romaria de Portugal", através do nº 760 20 77 97. A maravilha do distrito de Viseu que recolhe a preferência dos portugueses será anunciada no final do programa que a RTP1 transmite naquele dia a partir de Castro Daire.
Durante esta emissão televisiva, os concelhos que promovem as sete maravilhas do distrito vão protagonizar diversas intervenções e mostrar a essência do seu património cultural material e imaterial, com a participação de convidados muito especiais. Para além das Festas dos Remédios, o leque de candidatos de Viseu a concurso integra as Cavalhadas de Vildemoinhos, a Feira de São Mateus, a Rota da Transumância, os Bordados de Tibaldinho, o Barro Negro de Molelos e o Canto a 3 Vozes de Manhouce. A segunda classificada vai, depois, ser repescada para lutar por um lugar também nas meias-finais, em competição com patrimónios de outros distritos.

Festival literário tornou Lamego centro criador de poesia

A Língua Portuguesa, o nosso amado idioma, ganhou asas em verso durante o festival literário “Lamego, Cidade Poema” apresentado exclusivamente em livestream, a partir do Teatro Ribeiro Conceição (TRC). Um diálogo descontraído em torno do processo de escrita e do mundo dos livros com a reputada poetisa Ana Luísa Amaral ou a conversa “A propósito de Liberdade”, com o Oceano Atlântico pelo meio, com o dramaturgo brasileiro David Massena contribuíram para tornar a cidade duriense na capital da poesia e da literatura.
“Amar ou odiar: ou tudo ou nada!”. Estes versos de Fausto Guedes Teixeira, evocadas no momento em que se assinalam os 80 anos do falecimento do poeta lamecense, serviram de mote à terceira edição desta original iniciativa.“É um tema provocador. Nesta região não somos tudo ou nada. Devemos ser uma continuidade do que fomos, a afirmação do presente e um futuro que a todos integre e aceite as adversidades e as diferenças. Este é um festival para todos”, sublinha o Presidente Ângelo Moura.

Lamego é "Cidade Poema" este sábado e domingo

cp 2020Lamego volta a ser, durante o próximo fim de semana, a “Cidade Poema”. Organizada pelo Município de Lamego e pela Rede de Bibliotecas, esta iniciativa constitui uma das grandes apostas, na vertente cultural, desta autarquia de modo a criar um evento de referência no país e na região. Devido ao contexto da atual pandemia, o conjunto de ações a desenvolver será apresentado exclusivamente em livestream, a partir do majestoso Teatro Ribeiro Conceição. 
“Amar ou odiar: ou tudo ou nada!”. Durante três dias - 18 e 19 de julho e 26 de setembro-, “Lamego, Cidade Poema” integrará um cartaz de atividades bastante diverso e eclético dirigido a vários públicos: oficinas de escrita criativa e sessões de poesia, diálogos e palestras com a participação de reputados escritores e ações dinamizadas por alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. A encerrar, o cantor Vítor Blue sobe ao palco do emblemático TRC para uma atuação musical que incluirá a orquestração dos poemas vencedores.
Para assistir, clique AQUI

PROGRAMA

Interrupção no abastecimento de água

ICONES NEW interrO Município de Lamego nos termos da alínea a) do número 1 do Artigo 20.º (Interrupção ou restrição no abastecimento de água) do Regulamento de Águas do Município de Lamego, vai proceder à interrupção no abastecimento de água, no Lugar da Póvoa, no Lugar da Lanhosa e Juvandes na freguesia de Vila Nova de Souto D'El Rei, no próximo dia 14 de Julho de 2020 (terça-feira), para efetuar uma limpeza e desinfeção geral de ambos os sistemas públicos de distribuição de água ao domicílio.

Por Este Vos Darei um Magriço. Percursos pelo Património com Tiago Salazar

muse Por Este Vos Darei um Magriço é o título do novo projeto literário de Tiago Salazar, sobre o Magriço, o célebre guerreiro português, do século XIV, Álvaro Gonçalves Coutinho, nascido em Penedono, no seio da família dos Coutinho, uma das mais prestigiadas do Reino.
Por grande parte da ação do novo romance decorrer em Lamego, o escritor Tiago Salazar vai estar em residência artística, entre os dias 14 e 26 de julho, em Lamego, a fim de terminar o romance, mas não só. A estada em Lamego será também uma oportunidade de partilha sobre o processo de escrita criativa, num encontro com o autor, que terá lugar no Museu de Lamego, dia 18 de julho, e sobre o lastro que deixaram os Coutinho nesta região, de Lamego e Vale do Varosa, ponto de partida para os “Percursos pelo Património”, que nos dias 17 e 19 de julho irão passar pelo Castelo de Lamego, onde estavam erguidos os paços dos Coutinho, Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, que foi escolhido para panteão da família, e Convento de Santo António de Ferreirim, cuja origem remonta a 1525, altura em que os condes de Marialva, D. Francisco Coutinho e sua Mulher D. Brites, doam aos frades franciscanos uns terrenos que possuíam, em Ferreirim, para a fundação de um convento.
Numa iniciativa organizada pelo Museu de Lamego e Monumentos do Vale do Varosa e Município de Lamego – Castelo de Lamego, os percursos têm início às 21h30, de modo a oferecer a quem nos visita uma proposta alternativa para as noites quentes de verão, com algumas surpresas por desvendar.
 
PROGRAMA

17 julho

21h30 – Visita ao bairro do Castelo de Lamego
Espumante de Honra
 
18 julho
21h30 – Museu de Lamego: conversa sobre escrita criativa com Tiago Salazar
 
19 julho
21h30 – Visita ao Mosteiro de Santa Maria de Salzedas
Espumante de Honra

23h00 – Visita ao Convento de Santo António de Ferreirim

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.