goo vimeo rss facebook

Município requalifica espaço público do Bairro de Alvoraçães

O Município de Lamego está a reabilitar o espaço público degradado do Bairro Social de Alvoraçães com o objetivo de dotá-lo de atratividade, dinamismo e conforto, convidando ao desenvolvimento de um sentido de comunidade mais sólido e à melhoria das relações sociais dos seus moradores. A obra foi adjudicada à firma "Francisco Pereira Marinho & Irmãos, S.A", pelo valor de 541.052,95 €, mais IVA, concretizada no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), cofinanciado em 85% pelo FEDER.
Durante a visita de trabalho que efetuou ao local onde está a ser concretizada esta intervenção, o Presidente da Câmara Municipal afirmou que "era urgente melhorar as condições de vida dos residentes do Bairro de Alvoraçães e avançarmos com a harmonização deste conjunto urbano que existe já há algumas décadas, através da reabilitação do seu espaço público que se encontra bastante descaracterizado".

Castelo recebe Certificado de Excelência do Tripadvisor

"Obra de mouros" e anterior à fundação da nacionalidade, o Castelo de Lamego ostenta agora o Certificado de Excelência do Tripadvisor 2019, o maior site de viagens do mundo. Esta distinção tem em conta a qualidade, a quantidade e a atualidade das avaliações e opiniões enviadas pelos viajantes no TripAdvisor ao longo de um período de 12 meses, bem como a sua classificação no índice de popularidade do site.
Classificado como Monumento Nacional pelo Decreto de 16 de junho de 1910, este Castelo é tutelado pelo Município de Lamego, constituindo o principal pólo do conjunto de espaços museológicos da zona envolvente que têm por missão valorizar os achados arqueológicos que ilustram a ocupação pré-romana daquela zona. Na torre de menagem do Castelo de Lamego é oferecido ao visitante um miradouro virtual para a cidade e a muralha exterior dispõe das condições de segurança adequadas à livre circulação de pessoas.
Em 2019, recebeu a visita de cerca de 40 mil pessoas de todo o mundo.
Aberto de terça a domingo, entre as 10h e as 18 horas, a entrada é gratuita.

Cuidadores informais em Lamego podem requerer subsídio de apoio

O Governo selecionou 30 municípios para o desenvolvimento de projetos-piloto que permitirá aos cuidadores informais nele residentes solicitar o Estatuto do Cuidador Informal junto dos serviços da Segurança Social. Lamego integra este restrito lote, tendo já sido formalizada a implementação deste estatuto no concelho.
A prestação deste subsídio foi desenhada como uma medida de combate à pobreza, à qual têm direito apenas as famílias de baixos rendimentos. Desde o dia 1 de abril, os cuidadores informais residentes em Lamego têm a possibilidade de pedir aquele Estatuto para terem direito a um subsídio que varia entre os 248,20€ e os 343,50€. Este valor é calculado para garantir que, juntos, o cuidador e o cuidado tenham um rendimento nunca inferior a um Indexante de Apoios Sociais (IAS), que este ano é de 438,81€. Para qualquer esclarecimento, os interessados podem contactar o Gabinete de Ação Social do Município de Lamego (tel: 254 609 600).

SIG@LAMEGO disponibiliza informação sobre comércio de rua

Cafés, padarias, farmácias e serviços públicos são apenas alguns dos estabelecimentos abertos ao público que é possível encontrar na plataforma SIG@LAMEGO. Criado pelo Município de Lamego, em parceria com a firma ESRI, este novo serviço está disponível em www.cm-lamego.pt, com o objetivo de apoiar a reabertura gradual dos setores do comércio e serviços, no contexto da atual pandemia.
Já é possível aceder, neste momento, a diversa informação online sobre 64 lojas e serviços. Caso os estabelecimentos estejam de portas abertas e ainda não se encontrem georreferenciados nesta plataforma colaborativa, os proprietários podem proceder à submissão online dos seus dados.
A informação disponibilizada é bastante alargada. Aqui, é possível obter o horário de funcionamento, os contactos telefónicos e email, a indicação do dia de encerramento e outros dados relevantes, nomeadamente se garantem entregas ao domicílio ou permitem encomendas online.
Intuitiva e de fácil utilização, a SIG@LAMEGO constitui uma ferramenta fundamental no apoio à retoma da atividade económica local.

Apoio alimentar a carenciados reforçado em Lamego

O combate à pobreza e à exclusão social no concelho de Lamego vai ser reforçado com o aumento do investimento no Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (PO APMC) que tem como objetivo de responder à grave crise gerada pela pandemia de COVID-19. Na prática, o atual apoio alimentar e outros bens de consumo básico chegará a um maior número de pessoas carenciadas, promovendo assim a sua inclusão. Até ao momento, este programa já auxiliou 179 munícipes, mas deve duplicar até maio do próximo ano.
O PO APMC visa, com a sua atividade, diminuir as situações de vulnerabilidade que colocam em risco a integração das pessoas e dos agregados familiares mais frágeis, reforçando as respostas das políticas públicas existentes. Neste território, o Município de Lamego é a entidade coordenadora, enquanto que a Santa Casa da Misericórdia de Lamego, o Centro Diocesano de Promoção Social e o Centro Social e Paroquial de Ferreirim têm o estatuto de entidades mediadoras.

Festas dos Remédios na final regional das 7 Maravilhas da Cultura Popular

As Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios já é finalista regional do concurso "7 Maravilhas da Cultura Popular". O anúncio foi feito durante uma emissão especial este domingo da RTP que quer, através desta iniciativa, partir à descoberta das maravilhas do património cultural material e imaterial de Portugal. Das 504 candidaturas recebidas, o painel de especialistas elegeu sete patrimónios de cada região. 
O Município de Lamego formalizou, em março último, a candidatura das Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios a esta eleição, na categoria de Procissões e Romarias, atendendo ao facto da “Romaria de Portugal” possuir características únicas. Ana Catarina Rocha, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal e Presidente da Comissão de Festas, destaca que a “Majestosa Procissão de Triunfo”, constitui, no dia 8 de setembro, o seu grande elemento diferenciador, sendo os andores armados em carros puxados por juntas de bois. Enaltece ainda a sua dimensão humana inigualável, participada por um número elevado de figurantes, em particular muitas crianças. Com a apresentação desta candidatura, a autarquia pretende promover e valorizar estas Festas, a cidade, a região, os usos e costumes locais e as suas gentes, fomentando o sentimento de orgulho junto de todos os lamecenses.
A Declaração Oficial das 7 Maravilhas da Cultura Popular, derradeira gala do projeto, acontecerá a 5 de setembro na RTP.  

CLDS 4G de Lamego vai apoiar a população vulnerável

Desde o início desta semana, já está a trabalhar no terreno o projeto CLDS 4G - "Lamego Com_Tigo" que concretizará, nos próximos três anos, um plano de ação que visa promover a inserção da população vulnerável, de forma a combater a pobreza e garantir a inclusão social. Sob o lema "Integrar é o desafio, Inovar é o caminho", o projeto "Lamego Com_Tigo" tem o Município de Lamego como parceiro de primeira linha e como entidade coordenadora a Obra Kolping de Portugal, tendo uma dotação financeira de cerca de 520 mil euros, financiada pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE).
A atuação diária do Contrato Local de Desenvolvimento Social de 4ª Geração (CLDS 4G) terá como grande bandeira o combate à pobreza e a inclusão social, numa perspetiva de proximidade, desenvolvendo a sua intervenção em torno de dois eixos estratégicos. A primeira vertente é a promoção do emprego, qualificação e formação, enquanto que a segunda componente é dirigida à intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil.
Em virtude da atual situação de pandemia, este projeto foi adaptado, tendo sido reforçada a sua componente online. Utilizará, por esta razão, as redes sociais para a apresentação de muitas atividades. As medidas estruturais e transversais serão desenvolvidas por uma equipa técnica especializada.

Conferência em Lamego mostra confiança na recuperação turística

A cidade de Lamego acolheu esta terça-feira, dia 2, o primeiro grande debate presencial dedicado ao setor do turismo no período pós-confinamento. Num tom marcadamente otimista, representantes de diversas entidades públicas e privadas defenderam que a região do Douro não precisa "de se recriar" como destino turístico para enfrentar os efeitos da pandemia e transmitir segurança e confiança aos portugueses. "Ao Douro basta-lhe a sua identidade. O principal pilar da comunicação dos destinos será a segurança. Somos vistos como um país que combateu bem a pandemia. Teremos de viver sobretudo com os turistas nacionais que têm agora a oportunidade de descobrir o seu país e o Douro", afirmou Luís Pedro Martins, Presidente da Turismo do Porto e Norte.

Vários equipamentos municipais reabriram esta semana

A terceira fase do plano de desconfinamento devido à pandemia da COVID-19, marca em Lamego a reabertura ao público de vários equipamentos e serviços municipais encerrados nos últimos meses em cumprimento das orientações definidas pela Direção-Geral da Saúde. Desde o início desta semana retomaram o funcionamento, com todas as medidas de higiene e segurança garantidas, a Loja Interativa de Lamego (LIT), os espaços museológicos do Bairro do Castelo (Castelo de Lamego, Cisterna, Núcleo Arqueológico da Porta dos Figos e Galeria de Arte do Solar da Porta dos Figos), o Centro Interpretativo da Máscara Ibérica (CIMI), em Lazarim, e a Biblioteca e Arquivo Municipal. O Teatro Ribeiro Conceição também reabriu as suas portas, mas por enquanto apenas para a realização de visitas e atividades pontualmente autorizadas.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.