goo vimeo rss facebook

Olimpíadas promovem Educação para a Cidadania em Lamego

A turma A do 4º ano do Centro Escolar de Lamego Nº2 foi a grande vencedora da edição deste ano do concurso "As Olimpíadas da Cidadania e do Património", promovido pelo projeto municipal "Lamego Educa" - Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar.
Para participar neste mega desafio, os alunos dos 3º e 4º anos do 1º ciclo colocaram à prova os seus conhecimentos no jogo de tabuleiro digital “As Olimpíadas da Cidadania e do Património”. A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Catarina Ribeiro, esteve presente no evento final, realizado no TRC, para agradecer o empenho e a dedicação de todas as equipas envolvidas e sublinhar os valores da cidadania e do património.Desde o início do mês de março, as turmas fomentaram o trabalho colaborativo e utilizaram, durante a fase final de seleção, a plataforma de Ambientes Inovadores de Aprendizagem "Lamecus Educa", direcionada para a comunidade escolar.

Município de Lamego empenhado na defesa da floresta

O Município de Lamego, no âmbito do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), tem vindo a proceder à gestão de faixas de combustível, nomeadamente na rede viária do concelho. Com o intuito de promover a segurança de pessoas e bens em caso de incêndios florestais, a gestão de faixas de combustível é uma ferramenta indispensável à prevenção de incêndios de grandes dimensões e à protecção da floresta, bem como do seu ordenamento.
Os trabalhos têm vindo a ser desenvolvidos mediante protocolo com os Sapadores Municipais/Ribaflor e com a equipa de Sapadores dos Bombeiros Voluntários de Lamego, sob coordenação direta do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Lamego.

Autarquia apoia construção de novo Centro Paroquial de Sande

O Município de Lamego vai apoiar financeiramente a construção do novo Centro da Catequese e de Convívio Paroquial de Sande, através da atribuição de um apoio de 25 mil euros. O Presidente da Câmara Municipal, Francisco Lopes, e o Pároco da Freguesia de Sande, José Francisco Silva, assinaram esta semana o protocolo de colaboração que formaliza a concessão deste auxílio financeiro.
De acordo com o estabelecido, a Fábrica da Igreja da Paróquia da Freguesia de Sande compromete-se a desenvolver ações de âmbito social, cultural e turístico nas instalações a edificar. No futuro Centro da Catequese e de Convívio Paroquial será lecionada a catequese para crianças e jovens, realizadas diversas ações socioculturais e de apoio a peregrinos em passagem pela freguesia. 
Nas palavras que antecederam a assinatura do protocolo, Francisco Lopes enalteceu a colaboração entre a autarquia e a Paróquia de Sande, relembrando o papel importante que os bens da Igreja têm ao dispor do bem comum.

Oportunidades de formação e emprego no Centro Multiusos

O Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Francisco Lopes, inaugurou a primeira edição da Feira de Emprego e Oportunidades de Lamego que está a decorrer durante dois dias no Centro Multiusos. No certame, organizado pelo CLDS4G Lamego Com_Tigo, em parceria com o Município de Lamego, participam diversas instituições e empresas, com o objetivo de promover oportunidades de formação e emprego, dirigidas sobretudo às gerações mais jovens.
A I Feira de Emprego e Oportunidades de Lamego é, também, um momento de aprendizagem, ao promover a realização de uma oficina de procura ativa de emprego e uma ação de sensibilização na área do turismo. O Município de Lamego está presente através do espaço A entrada é livre.

Projeto "O Teu Bairro é o Nosso Bairro" reúne com moradores

O projeto “O Teu Bairro é o Nosso Bairro – Incluir para Integrar”, que teve início em junho de 2021, desenvolveu agora diversas sessões com moradores dos Bairros de Alvoraçães, Nazes, Ponte e Castelo, para apresentar as ações a desenvolver nos próximos meses. Estes encontros serviram também para auscultar os moradores sobre os problemas que identificam nos seus bairros e para aprofundar as suas histórias e vivências.
Este projeto, que decorre até fevereiro de 2023, tem como objectivo ajudar a desenvolver competências pessoais, sociais e profissionais e, em simultâneo, ocupar o tempo livre destas populações, ampliar as redes de contacto dentro do bairro e construir um sentimento de pertença ao mesmo. Ao longo dos próximos meses serão implementadas um conjunto de ações de sensibilização e workshops sobre diversas temáticas, ações de informação para desempregados, visitas lúdico-culturais, caminhadas e celebração de datas significativas para cada bairro.

Município integra 62 assistentes operacionais nos quadros

O Município de Lamego acaba de integrar nos seus quadros, através de procedimento concursal, 62 assistentes operacionais, consolidando desta forma o quadro de pessoal e pondo fim a um longo período de instabilidade na vida de muitas famílias do concelho.
Os novos trabalhadores exercem funções nos estabelecimentos de ensino do 1º ciclo, assumindo a responsabilidade diária de uma grande variedade de tarefas. Cabe a estas pessoas, acompanhar as crianças na execução de tarefas inerentes às atividades pedagógicas, lúdicas e recreativas, bem como confecionar as refeições, garantir a limpeza dos espaços e o serviço de portaria, entre outras responsabilidades.

Francisco Lopes defende benefícios do turismo para os residentes

A cidade de Lamego recebeu um simpósio sobre turismo patrimonial inclusivo, que reúne académicos e especialistas mundiais, com o objetivo de debaterem os modelos turísticos que geram maiores benefícios junto das populações locais. A sessão de abertura contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques.
No encontro realizado no Teatro Ribeiro Conceição, o Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Francisco Lopes, sublinhou que "o turismo patrimonial tem de ser gratificante para os turistas e para os residentes, tem de ter benefícios mútuos”. Enalteceu ainda o papel de referência da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTGL) de Lamego, entidade organizadora do primeiro HINTS - Simpósio de Turismo Patrimonial Inclusivo, na qualificação dos recursos humanos que dinamizam o setor turístico neste concelho e na região do Douro.

Feira Medieval afirma Lamego como destino turístico e cultural

Entre os dias 10 e 12 de junho, o Município de Lamego vai regressar ao passado com a reconstituição histórica dos tempos de D. Afonso Henriques e as Côrtes de Lamego. A Feira Medieval de Lamego vai reunir dezenas de artesãos que recriarão o comércio e as artes da época medieval. A nobreza, os mestres de ofício e os servos também estão de volta para animadamente recriar a história.
O evento, de entrada gratuita, aposta na dinamização do turismo e do comércio local, contribuindo para a dinamização social e económica do concelho. Por um lado, atrai muitos visitantes de fora, e por outro, possibilita que vários comerciantes e artesãos locais possam dar a conhecer a sua atividade e os seus produtos, estimulando a economia local, em especial das zonas históricas da cidade.
O Mercado Medieval vai oferecer diversas opções gastronómicas e a animação está garantida com muita música e os curiosos jogos de destreza.
Os artesãos, os comerciantes e as associações que pretendam participar na edição deste ano da Feira Medieval, podem efetuar a sua inscrição neste link.
A Feira Medieval de Lamego é uma iniciativa realizada no âmbito do projeto “Agenda Cultural e Dinamização do Comércio Tradicional”, cofinanciado em 85% pelo FEDER, com o objetivo primordial de dinamizar os centros históricos, em particular as áreas intervencionadas no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU).

Regresso da Feira de Santa Cruz foi êxito de público

Ultrapassada a suspensão dos últimos dois anos, o Município de Lamego voltou a organizar a Grandiosa Feira de Santa Cruz, um evento de arte equestre de raiz popular que atraiu a atenção de milhares de aficionados. Conhecida popularmente por “3 de Maio”, a Feira de Santa Cruz ofereceu, ao longo de cinco dias, um leque variado de atividades tradicionais.As Corridas de Passo Travado, realizadas pela primeira vez na vila de Cambres, foram o momento mais alto do certame. O cavaleiro Vítor Hugo, montando a “Milu”, superou na pista toda a concorrência. No final, a organização atribuiu o Prémio “Rufino Rilhado” a Maria Liliana Monteiro, tendo em conta a sua ligação, desde há muitos anos, aos cavalos, a Lamego e à tradicional Feira de Santa Cruz.
"Por estes dias, respirou-se um ambiente único numa das feiras mais típicas da região. A escolha do local para a realização deste evento foi um risco assumido pela Câmara Municipal, garantindo a segurança e a boa realização das corridas de cavalos, mas que valeu a pena, considerando a fantástica moldura humana que marcou presença da qual saiu visivelmente satisfeita. Este é um evento que terá de evoluir para outro patamar de qualidade potenciando-o como um produto turístico de excelência ligado à arte equestre mantendo a tradição", afirma José Pinto, Vereador das Atividades Económicas da Câmara Municipal de Lamego.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601
Comunicação de Avarias
  • Serviço de Águas - 254 609 609

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.