goo vimeo rss facebook

Lamego integra rede que promove criação artística no Vale do Varosa

O Convento de Santo António de Ferreirim foi palco, a 31 de março último, da assinatura do protocolo “Sangue Novo em Veias Antigas”, celebrado entre os municípios de Lamego e Tarouca, a Associação Teatro Solo e a Direção Regional de Cultura do Norte. No âmbito deste documento, será promovida a criação artística e dada visibilidade a projetos emergentes ligados à dança, música e artes performativas, nos monumentos do Vale do Varosa, nomeadamente no Convento de Santo António de Ferreirim. “Este novo projeto implica vivenciar este património e colocá-lo ao serviço das pessoas. Significa dar sangue novo, que são as pessoas, a este belo edificado. Queremos dar vida ao nosso património”, afirma o Presidente Ângelo Moura.
A nova parceria nasce com a ambição de se constituir como “uma plataforma privilegiada do diálogo entre o passado, presente e futuro, através de práticas artísticas contemporâneas num território de baixa densidade populacional”.
Apresentado no Mosteiro de São João de Tarouca, durante a última edição das “Jornadas Europeias do Património”, o projeto cultural “Sangue Novo em Veias Antigas” assenta numa rede colaborativa de escolas e associações vocacionadas para o ensino e produção artística, que conta já com uma agenda de eventos, a partir de maio, no Vale do Varosa.

Câmara Municipal realiza limpeza de estradas florestais

A Câmara Municipal de Lamego, tendo em conta a segurança dos munícipes e a época de incêndios que se aproxima, principiou os trabalhos de limpeza das bermas de vários quilómetros de estradas municipais.
Os trabalhos de beneficiação e limpeza que a Câmara Municipal de Lamego tem estado a executar ao longo dos cerca de 57km de estradas municipais do concelho de Lamego são já bem visíveis.
A intervenção, que termina no próximo mês de abril, tem estado a cargo da equipa de Sapadores dos Bombeiros Voluntários de Lamego e que tem realizado a limpeza das bermas e valetas das estradas camarárias com o intuito não só de limpar a vegetação em excesso mas também dotar as estradas de maior segurança e visibilidade para automobilistas e peões.
Ângelo Moura, presidente da Câmara Municipal de Lamego, afirma que «através desta ação o município de Lamego pretende, por um lado, dar cumprimento ao estabelecido na lei, por outro, defender também o património florestal dos incêndios rurais, assim como proporcionar uma maior segurança de pessoas e bens.»

Município atribui Medalha de Ouro ao Museu de Lamego

A Câmara Municipal de Lamego vai atribuir a Medalha de Ouro da Cidade ao Museu de Lamego, em cerimónia a realizar no próximo dia 5 de abril, pelas 18h30, no Salão Nobre do Museu de Lamego. Fundado num edifício, do século XVIII, que foi palácio episcopal, o Museu de Lamego será distinguido tendo em conta que a sua existência "configura mais de um século ao serviço da Cultura" e "contribui para o engrandecimento e dignificação do Município de Lamego".
A cerimónia de Outorga da Medalha de Ouro decorre no mesmo dia em que o Museu de Lamego assinala a sua reabertura ao público e, simultaneamente, a passagem do 104.º Aniversário sobre a sua fundação, ocorrida a 5 de abril de 1917. Neste dia, o Museu propõe um programa que privilegia o convite à participação dos visitantes e seguidores através das redes sociais, em atividades que habitualmente se desenrolam nos bastidores, de acesso restrito.

Câmara Municipal iniciou construção da nova zona verde na cidade

A Câmara Municipal de Lamego já iniciou as obras de edificação do Parque Urbano, um projeto que vai privilegiar o desporto, o lazer e a educação ambiental. Edificado numa área superior a sete hectares, este novo pulmão verde da cidade foi criado com o objectivo de melhorar a qualidade de vida de todos os lamecenses.
A maior zona verde pública de Lamego está a nascer. O início da construção do Parque Urbano assinala a criação de um espaço ímpar que vai beneficiar os munícipes, mas também os visitantes.
A Câmara Municipal de Lamego, através de um investimento de 4 milhões euros, aposta, assim, na reabilitação de um local anteriormente constituído por um conjunto de terrenos baldios e desqualificados nas margens da ribeira do Coura, e que agora ganham uma nova vida.
Ângelo Moura, presidente da Câmara Municipal de Lamego, declara a este propósito: «o começo das obras era algo que ansiávamos há algum tempo porque sabemos o que este novo Parque Urbano representa para a cidade mas, acima de tudo, para as pessoas. Foi a pensar na população que idealizámos esta nova área verde que pretendemos se torne um local de convívio, de diversão, onde as pessoas possam praticar exercício físico ao ar livre, mas também descansar num espaço paisagístico único e em harmonia com a natureza.»

Câmara Municipal adere à “Hora do Planeta”

A Câmara Municipal de Lamego volta a associar-se à “Hora do Planeta” agendada para o próximo dia 27 de março, entre as 20h30 e as 21h30. Organizada mundialmente pela organização não-governamental World Wide Fund (WWF), a acção deste ano é dedicada ao tema “A Água e as Alterações Climáticas”. Em Lamego irão desligar-se as luzes mas também os sistemas de rega de todos os jardins municipais.
Tendo em conta os problemas das alterações climáticas e da perda de biodiversidade que assolam atualmente o nosso planeta, a Câmara Municipal de Lamego decidiu associar-se novamente ao maior movimento global pelo ambiente “Hora do Planeta”.
Nesse sentido, e durante 60 minutos, as luzes irão apagar-se em alguns dos locais mais emblemáticos da cidade, nomeadamente no edifício Paços do Concelho, no Escadório e Nossa Senhora dos Remédios, no Teatro Ribeiro Conceição e na Torre do Castelo de Lamego. A juntar a esta ação, a autarquia de Lamego decidiu introduzir este ano como novidade a suspensão de todos os sistemas de rega dos jardins municipais por um período, ininterrupto, de 24 horas.

Autarquia planta duas mil árvores na Serra das Meadas

A Câmara Municipal de Lamego levou a cabo esta semana uma ação de plantação de árvores autóctones, na Serra das Meadas, com o objetivo de assinalar o “Dia Mundial da Floresta”. O Presidente Ângelo Moura acompanhou o processo de plantação de duas mil árvores, oferecidas pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e pela Quercus-Associação Nacional de Conservação da Natureza, na sequência de uma candidatura ao projeto "Floresta Comum".
Esta ação visou promover e divulgar a importância das árvores para a preservação da natureza e do meio ambiente e alertar para a importância da arborização e reflorestação da Serra das Meadas. As espécies autóctones plantadas foram o pinheiro-bravo, o carvalho, o freixo e o medronheiro, em vários hectares de extensão, pela equipa de sapadores florestais e pelos serviços municipais da área do Ambiente.

Câmara de Lamego acelera renovação do Bairro do Castelo

A Câmara Municipal de Lamego está a reforçar neste momento o processo de revitalização do Bairro do Castelo com a reabilitação, em simultâneo, da Torre dos Figos e da Casa do Horto, até agora votadas ao abandono. A concretização destes novos investimentos ajudará a criar as condições favoráveis à fixação de moradores e a atrair novas pessoas e atividades a esta zona histórica da cidade, ao constituírem-se como espaços de acolhimento e expressão artística. O investimento conjunto é superior a 530 mil euros.
Historicamente, a Torre dos Figos teve diversas utilidades, nomeadamente como Torre Militar Albarrã e a sua posterior ocupação como Casa da Câmara, entre o séc. XIV e o séc. XIX. Tendo em conta o seu elevado valor patrimonial, o projeto de arquitetura vai, simultaneamente, recuperar e regenerar a sua estrutura, fazendo a passagem do uso militar para o uso cívico. A intervenção em curso transformará este imóvel num espaço público de valorização do património histórico da cidade e de atração e promoção do turismo e da cultura. Tendo em conta a sua simbologia e a sua localização no “coração” do Bairro do Castelo, acolherá a sede da Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico (APMCH) e disponibilizará três salas multiusos e de exposições.

Lamego homenageia D. António que "consagrou o coração ao serviço dos outros"

O Município de Lamego prestou na manhã desta sexta-feira, 19 de março, uma sentida homenagem a D. António Francisco dos Santos, cidadão Honorário do Município de Lamego, falecido em 2017, cuja vida e empenho pastoral marcou indelevelmente a vida desta cidade e das suas gentes.
A cerimónia decorreu, primeiro, na rotunda do Centro Escolar Nº1, local onde foi construído um memorial evocativo da sua passagem por Lamego com a inscrição , proferida aquando da sua apresentação como Bispo do Porto, sendo marca indelével do seu percurso de vida. Neste local, deverá ser erguida uma escultura em tributo a D. António, de Francisco Laranjo, reputado artista plástico lamecense. “Da terra, erguer-se-á uma aliança que simboliza alguém que nos marcou muito”, explica o autor.
Logo a seguir, realizou-se uma sessão simbólica com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Lamego e de diversas personalidades relevantes da vida política e religiosa portuguesa, em representação de instituições e locais, que se cruzaram, em algum momento, na vida de D. António Francisco e que quiseram, deste modo, associar-se ao tributo público do Município de Lamego. Todos os testemunhos foram unânimes em recordar e enaltecer a sabedoria, a simplicidade e a generosidade de um “padre e de um Bispo com um grande coração”. “Será com este espírito de D. António que, nestes tempos de dor e sacrifício para todos, em maior ou menor grau, mas também já de esperança, que nos devemos congregar na reconstrução de um futuro promissor, sempre com a maior incidência nos mais carenciados e desfavorecidos, em prol do nosso bem estar coletivo”, afirmou Ângelo Moura.

Biblioteca Municipal reabre ao público

No âmbito do Plano de Desconfinamento faseado anunciado pelo Governo, a Biblioteca Municipal de Lamego reabriu esta segunda-feira ao público.
Privilegiando a marcação prévia, os utilizadores podem solicitar presencialmente o empréstimo de livros em regime de take-away ou realizar o seu pedido, nos dias úteis, através do telefone 254 614 013, das 9h às 12h30 e das 14h às17h30, ou pelo e-mail biblioteca @cm-lamego.pt
O acesso ao espaço mantém-se cumprindo todas as normas de segurança e de higienização da Direção-Geral da Saúde, no contexto da atual pandemia.
Os munícipes não inscritos na Biblioteca Municipal de Lamego interessados em solicitar o empréstimo de livros, podem formalizar a sua inscrição, contactando os serviços por telefone ou por e-mail.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601
Comunicação de Avarias
  • Serviço de Águas - 254 609 609

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.