goo vimeo rss facebook
  •   Sem título-2
Concurso Internacional de Vinhos apresentado em Lamego A cidade de Lamego foi palco de uma...
Lamego acolhe Curso de Nadador Salvador A partir de 20 de abril, o Complexo Municipal...
Dramatização d’ “O Cuquedo” assinala Dia do Livro Infantil As crianças do jardim de infância da Santa Casa...
D. António Couto em visita pascal aos Paços do Concelho A tradição cumpriu-se mais uma vez. D. António...
Sapadores florestais de Lamego reduzem risco de incêndio A ministra da Agricultura e do Mar, Assunção...
Veículos eléctricos carregam pela primeira vez em Lamego O posto de carregamento para veículos elétricos...
Plantação de carvalhos assinala Dia da Árvore Uma plantação de carvalhos no Parque Biológico...

Evocação do Dia da Liberdade pede mais investimento no Interior

Os lamecenses uniram-se, mais uma vez, para prestar um tributo de homenagem e gratidão aos “valorosos militares” que devolveram aos portugueses a Liberdade, na histórica madrugada de 25 de abril de 1974. O momento mais alto das comemorações do 41º Aniversário da Revolução dos Cravos, promovidas pelo Município de Lamego, foi a realização da Sessão Solene da Assembleia Municipal que este ano exaltou o simbolismo da “Poesia de Abril”, através da participação de oito jovens e personalidades lamecenses. Uma sessão de declamação, cujo “brilhantismo” foi muito aplaudido pelo público e que recordou à assistência o significado histórico daquele “dia inicial inteiro e limpo/ onde emergimos da noite e do silêncio”.
Num momento em que muitos portugueses reclamam a necessidade de corrigir as assimetrias que se evidenciam, que cavam um fosso cada vez mais fundo entre o Interior e o Litoral, José Carrapatoso, Presidente da Assembleia Municipal, defendeu que todos devem ser tratados por igual, sem voltar a discriminar quem vive nesta região: “O desencanto que sentimos quando constatamos que o Interior do País, se encontra cada vez mais desertificado, fruto do esvaziamento progressivo de instituições e serviços, da desqualificação e encerramento de serviços básicos de apoio às populações do Interior e de vicissitudes várias, conduzem ao notável esvaziamento demográfico, agravado  pelo desemprego crescente, fruto da falta de investimento que a atual crise económica mundial tornam mais marcante”. E não faltam exemplos, na sua opinião, a nível local que ilustram a ausência de investimento e o avolumar das dificuldades: “O encerramento e desqualificação dos tribunais, a desqualificação do Hospital de Lamego, o encerramento de vários jardins de infância e a centralização das escolas do 1º ciclo nos agrupamentos escolares, o que deixa as aldeias e freguesias rurais cada vez mais vazias e envelhecidas”.

Lamego volta a promover o maior evento de arte equestre do Douro

A Grandiosa Feira de Santa Cruz, o maior evento de arte equestre realizado na região do Douro, regressa este ano para oferecer mais uma vez um programa de iniciativas de grande qualidade, no qual o cavalo é “rei e senhor”. A beleza ímpar do mundo equestre está assim de volta à cidade de Lamego, entre os próximos dias 1 e 3 de maio.
No conjunto de eventos, de carácter gratuito, que a edição 2015 apresenta destaca-se a realização das Corridas de Passo Travado – Concurso Único, Prémio “Rufino Rilhado” a atribuir ao conjunto cavaleiro/cavalo que melhor se apresenta na corrida e que demonstra de uma forma fidedigna o passo travado segundo as regras de que há memoria neste concelho e a Corrida de Galope Amador.
No entanto, os milhares de aficionados que por estes dias vêm à cidade de Lamego vão ter muito mais para admirar: a tradicional Feira Anual, uma noite de fados com artistas locais e regionais no belo Teatro Ribeiro Conceição e o desfile de passeios de charretes que promete fazer as delícias de todas as gerações e que percorrerá as principais ruas da cidade. Também será oferecido um espetáculo de equitação clássica pelo Centro Hípico do Vale do Sousa e aulas de equitação à população.
Conhecida popularmente por “3 de Maio”, a Feira de Santa Cruz, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Lamego, em parceria com outras instituições, visa valorizar a arte equestre e promover o convívio e a boa disposição entre a população.

PROGRAMA FEIRA DE SANTA CRUZ (3 DE MAIO)

Lamego deposita esperança em Carolina Ribeiro para se sagrar Atleta do Ano

A melhoria das classificações individuais continua a motivar a prestação dos jovens atletas de Lamego que estão a participar no Circuito Municipal de Escolas de Natação. Quando faltam apenas duas jornadas para terminar a edição deste ano da competição, Carolina Ribeiro é a principal esperança da formação de Lamego para se sagrar Atleta do Ano, neste caso no escalão Cadetes. Na mais recente concentração, realizada no Complexo de Piscinas de Vila Nova de Paiva, a nadadora viu aumentar a distância para a sua mais direta adversária, na classificação por pontos.
Mas houve outros elementos da Escola Municipal de Natação que mais uma vez alcançaram boas prestações em diversos estilos da modalidade.
Destaque para a classificação obtida pelo nadador Pedro Santos que está na terceira posição do ranking (Cadetes C8 e C7) e para Beatriz Pinto que se encontra no terceiro lugar (infantis C6 e C5). Em Vila Nova de Paiva, Tiago Pinto alcançou a quinta posição em juniores C2.
Devido a problemas de saúde, Pedro Piruzzo não participou nesta jornada desportiva, mas continua cheio de ambição para regressar à prova e cumprir, deste modo, o objetivo de integrar o lote dos primeiros atletas na categoria Infantil C6 e C5.

“Homem do Saco” com Manuel Marques testa conhecimentos dos lamecenses

A cultura geral dos lamecenses vai ser testada no novo concurso de conhecimento da RTP1: o “Homem do Saco”. Apresentado por Manuel Marques, o comediante vai andar pelas ruas da cidade a pôr à prova os conhecimentos dos concorrentes, naquele que é o único formato da televisão portuguesa em que o prémio está garantido. Sempre descontraído e com grandes doses de humor à mistura, Manuel Marques vai selecionar os concorrentes aleatoriamente.
O episódio d’ “O Homem do Saco” gravado em Lamego, no próximo dia 28 de abril, terça-feira, vai explorar e contextualizar os locais mais emblemáticos da cidade através de imagens e grafismos que contêm informações de âmbito local. Serão feitas perguntas sobre Lamego e sobre cultura geral.
Ao dar apoio institucional à produção e realização deste programa, que será exibido aos sábados à noite, em horário nobre, a Câmara Municipal de Lamego pretende incentivar o desenvolvimento do turismo e comércio locais.

Complexo Desportivo de Lamego renovado abre portas em setembro

As obras de requalificação e adaptação do Complexo Desportivo de Lamego, a intervenção mais importante efetuada nesta histórica infraestrutura, desde que foi criada na década de 70, com a ambição de ser um equipamento de referência na região e no país, vocacionada para a prática desportiva de alto rendimento, vão terminar no próximo mês de setembro. A garantia foi dada pelo Presidente da Câmara Municipal, Francisco Lopes, ao secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, durante a deslocação de trabalho que realizaram para observar o andamento dos trabalhos. A visita foi acompanhada por muitos dirigentes de associações locais, curiosos por conhecer em pormenor o projeto de recuperação do principal equipamento desportivo do concelho.COMPLEXO DESPORTIVO 1

Lamego recebe as comemorações do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas

capa jornalA cidade de Lamego foi escolhida, por superior decisão de Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva, para receber, em 2015, as comemorações oficiais do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas. A Câmara Municipal de Lamego, em nome do município, das instituições locais e de todos os Lamecenses residentes e na diáspora, manifesta a sua gratidão a sua Excelência o Presidente da República pela honra e distinção que confere à cidade de Lamego.
Esta histórica decisão, de escolher uma pequena cidade do Interior do país como sede das comemorações do Dia de Portugal, constitui uma distinção honrosa para Lamego e para os Lamecenses, mas é, igualmente, o justo reconhecimento prestado pelo mais alto magistrado da nação à importância e ao contributo do Interior do país para a constituição e preservação do espírito e da identidade do povo português.
Hoje é seguramente um dia de grande emoção para os Lamecenses. A cidade de Lamego receberá esta cerimónia com o sentimento do regresso ao início da portugalidade e ao simbólico ato seminal das primeiras cortes, como reza a tradição, reunidas na Igreja de Almacave por D. Afonso Henriques, em agosto de 1143. Desde esses tempos, somos um povo forte e orgulhoso. Corre-nos nas veias o património genético dos povos guerreiros que aqui passaram, viveram e deixaram marcas de poder. Construíram esta nobre cidade, ajudaram à fundação da nacionalidade e moldaram uma região bafejada pelos privilégios da natureza e pela obra do Homem.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 Lamego
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Newsletter